Os Créditos para os Textos Seleccionados, a partir de Obras adquiridas, pertencem INTEGRALMENTE ao(à) seu(sua) Autor(a) ou Descendentes e Herdeiros e respectiva Editora. Os textos que não possuam a referência do Livro de origem, foram-nos enviados por amigos ou por pesquisas na net, pelo que, se alguma Entidade ou Indíviduo, considerar que estarmos a violar os seus direitos, por favor contacte-nos, e o(s) texto(s) serão prontamente retirados, assumindo que a queixa seja devidamente fundamentada.

quinta-feira, 2 de abril de 2009

Orgia

ORGIA

Vamos partir amor é madrugada...
P'ra junto do farol da colina!
Com lua em pura noite deslumbrada
P'ra ti vou ser agora uma bonina...

Gritaremos gemidos na alvorada
Bebendo esta hora divina!
Enquanto uma nuvem agitada
Nos segreda "Viverei a vossa sina".

Que nos importa Amor, se nesta orgia
De júbilo e incontida alegria
Nos amamos em laços de ternura?...

Já não será um sonho, mas verdade,
Dar aos nossos desejos liberdade,
Retendo este momento de ventura!...

Fernanda Costa

Poema retirado do blog “Fernanda e Poemas”, da Fernanda Costa, uma Açoreana do Faial, a viver em Lisboa, ao qual recomendo uma visita.

3 comentários:

Ana disse...

Esta "garota" de quem eu gosto muito a Fernandinha, deve ter uma "musa" muito especial e também uma faculdade enorme para a poesia, porque as palavras fluem de uma forma incrível nos seus claros e maravilhosos poemas, com palavras muito eruditas de quem sabe transmitir poeticamente o que lhe vai na alma.
Adorei teres adicionado este maravilhoso poema da nossa amiguinha.
Desejo-te um maravilhoso fim-de-semana.
Beijinhos grandes,
Ana Paula

FERNANDA & POEMAS disse...

QUERIDO JOSÉ, GRATA PELO TEU GESTO DE CARINHO... UM BELÍSSIMO FIM DE SEMANA... ABRAÇOS DE AMIZADE,
FERNANDINHA

mariam disse...

José,
também partilho o gosto de visitar o seu blog e de 'A' ler.
parabéns p'la partilha aqui, deste belo soneto...

um sorriso :)
mariam