Os Créditos para os Textos Seleccionados, a partir de Obras adquiridas, pertencem INTEGRALMENTE ao(à) seu(sua) Autor(a) ou Descendentes e Herdeiros e respectiva Editora. Os textos que não possuam a referência do Livro de origem, foram-nos enviados por amigos ou por pesquisas na net, pelo que, se alguma Entidade ou Indíviduo, considerar que estarmos a violar os seus direitos, por favor contacte-nos, e o(s) texto(s) serão prontamente retirados, assumindo que a queixa seja devidamente fundamentada.

quinta-feira, 29 de janeiro de 2009

Um Nome Apenas

UM NOME APENAS


não existe uma dimensão sacerdotal
do amor as vestes são as mesmas
que enfeitam a ramagem de um
carvalho antigo, com o peso dos
séculos aglutinados pelo céu
defronte dos olhos

não existe nem pode existir uma
pedra que determine as andanças
das estações. o carvalho antigo
é a semente e o profeta a dimensão
poética da palavra vivida.

Jorge Vicente (Ascensão do Fogo)

2 comentários:

jorge vicente disse...

obrigado, amigo, por mais esta prenda.

um grande abraço cheio de amizade
jorge

p.s.
hoje, o meu pai faz anos.

Ana disse...

Um extraordinário poema.
Parabéns ao autor e obrigada por o partilhares.
Beijinho,
Ana Paula